Estamos Todas Iguais?

Li uma entrevista do cabeleireiro Mauro Freire,ele cuida do cabelo da Marília Gabriela e entre outras famosas.E o que me chamou mais a atenção foi o fato dele dizer que estamos todas iguais.E só reforçou a percepção que eu já tinha,realmente estamos muito parecidas quando o assunto é cabelo.Ai você deve tá pensando:Não Jú,discordo de você. Ok,mas só pra mostrar que tem um fundo de verdade,basta assistir ao concurso de beleza Miss Brasil.Todas estão com o mesmo cabelo:Loiras com luzes,longos e ondulados com Babyliss bem inspirado(A.k.a copiado) na Gisele.Eu não lembro de ter visto uma negra com um black lindo ou uma com penteado bem caprichado.

Mas eu acredito que os salões tem culpa no cartório,além do nosso medo de mudar.Toda vez que eu preciso ir ao salão é um drama sem fim porque todos querem alisar o meu cabelo para depois cachear com o babyliss (hãm? bem louco).Como ele é bem cheio,tem bastante volume não tem um que não tente me oferecer uma progressiva,escova de açúcar,chocolate,selagem e afins.E quando resolvo clarear os cabelos pra dar uma mudada,as luzes nunca sai como eu quero simplesmente tem uns que ignoram o que eu peço.E o ruivo?bom melhor nem falar porque saiu um desastre.

Continuo firme e forte,bem feliz com ele ao natural,ainda procuro o cabeleiro que irá me escutar e orientar a melhor forma de execução do processo escolhido.Tudo isso para ilustrar que acharam uma fórmula de deixar todo mundo com mesma cara porque é bonito e pronto.Só que assim como as roupas,os cabelos também fazem parte da nossa personalidade.

Então não tem como um corte ficar bem em todo mundo.Tem gente que combina com cabelos curtinhos,outras cacheados,outras loiras e por ai vai.Então meninas nada de aceitar tudo o que eles sugerem,vocês podem e devem opinar sobre o que irá fazer com o seu cabelo.Vamos ousar sim, mas com a certeza do que vai fazer e sem se arrepender depois.E porque não ousar nos penteados como no post de ontem com as tiaras? É uma boa maneira de começar a usar as madeixas como mais um acessório no look.Eu tô bem disposta a fazer uns penteados para o dia a dia.Viva a diversidade!Ah o link da entrevista tá aqui: Entrevista com Mauro Freire pra quem quiser ler.

beijos 🙂

Respeite o Seu Estilo.

Esses dias minha mãe teve um dilema com as suas roupas para ir a uma festa de aniversário.Tudo o que ela vestia, não se sentia bem e ai só fazia dizer que não tinha roupas.O que era pura mentira ,o armário está cheio de peças que ela não usa.E que se usou uma vez foi muito.Tudo isso porque fez compras equivocadas,se deixou influenciar pela vendedora,amigas e etc.E ela também tem um grande defeito sempre compra um número menor do que realmente veste.

Resultado qualquer pesinho que ganha já vira um drama,em virtude da roupa já ficar apertada ou nem entrar.Ai eu penso por que passar por tudo isso ,se esse numerosinho não reflete muita coisa do  que nós somos?Ainda mais que a gente não tem um padrão de medição cada marca aqui define o seu P,M e G.Quantas vezes a gente veste M em uma loja e 42 na outra?Eu já passei e sempre passo por isso.Por isso a importância de experimentar mesmo,não só pelo tamanho mas para ver se se gostamos da peça,sentir o tecido no corpo,se vai usar  mesmo e já ir pensando com outras combinações com o que já temos em casa e tenha o seu estilo.É  um investimento que estamos fazendo e em tempos de crise econômica  a certeza é a melhor aliada.Não há sensação melhor do repetir aquela roupa que você se sente linda,confiante e recebe elogios por ele.

Promoção é sempre uma armadilha né?Já perceberam?A gente entra ,vê aquela peça incrível,experimenta pra vê se cabe e leva sem pensar.Quando abre o guarda roupa vem a decepção de não saber com que usar a peça.Ai pensamos vou ter que comprar algo pra combinar com ela e a deixa encostada no canto.Não vale a pena,a verdade que nunca vamos usar.Então como disse antes experimente,pare ,olhe e pense muuito antes de passar no caixa e levar.Respeite o seu estilo e o seu jeito.Prefira um guarda roupa com menos peças e que você use bastante do que um abarrotado que você não utiliza nem metade.

.skirt.

Beijos

Jú Figueiredo